Sensores de chama para caldeiras

Desde a entrada em funcionamento de caldeiras de queima a pó que existiu a necessidade de detecção de intensidade de chama dentro da câmara de combustão de modo a garantir uma queima eficiente e uma detecção rápida da extinção de chama para evitar acumulação de combustível por inflamar.

A Flucal desenvolveu e integrou sensores de chama com sinal analógico nas
caldeiras de queima a pó, sensores estes que se revelam de alta eficiência e robustez, contribuindo para um aumento da segurança de queima e para uma monitorização mais eficaz do equipamento.

Flucal